• Paraíso17

Hospital Regional abre procedimentos para apurar condutas de servidores

Diretor da unidade Norberto Fabri confirmou ao Jornal da Nova
Da Redação / Imagens: Arquivo/PMNA/Divulgação
29/06/2020 16h00
O diretor do Hospital Regional de Nova Andradina, Norberto Fabri / Imagens: Arquivo/PMNA/Divulgação

O diretor do Hospital Regional de Nova Andradina, Norberto Fabri, em contato com o Jornal da Nova disse que abriu procedimento administrativo e que será publicado nesta terça-feira (30), aos envolvidos identificados da unidade hospitalar em festa clandestina, em meio a pandemia do novo coronavírus.

 

Leia também

|Saúde identifica três funcionários do Hospital Regional em festa durante a pandemia

 

“Não temos controle das vidas particulares de cada servidor que esteja fora do trabalho, mas já passamos todas as orientações aos profissionais desde o início da pandemia”, disse.

 

O procurador do município, Jailson Pfeifer, disse em live no Facebook da Prefeitura Municipal que as imagens que estão circulando nas redes sociais desde ontem (28), são de domínio público. “Quero agradecer a cada cidadão que tem feito as denúncias, a Vigilância Sanitária tem feito seu papel, assim como todo o setor da saúde”, frisou.

 

Ao Jornal da Nova o procurador disse que o caso segue para a Delegacia de Polícia Civil, onde será feita a identificação das demais pessoas, bem como o MPE (Ministério Público Estadual) já tem conhecimento dos fatos.

 

As imagens tiveram uma repercussão negativa e chegou aos meios de comunicação a nível estadual. Para o procurador foi um ato de irresponsabilidade de pessoas que estão na linha de frente da saúde.

 

Dados

Nova Andradina já registra um óbito e 46 notificações, com 28 pessoas ativas e 17 curados. Ainda segundo a Saúde, há 14 pessoas suspeitas aguardando os exames. Desde o início da pandemia, foram testadas 787 pessoas, com 738 exames descartados.



Comunicar erro




VEJA MAIS