Jogador Marcelinho Paraíba é preso sob suspeita de estupro

Da Redação


O jogador Marcelinho Paraíba de 36 anos, do Sport, foi preso em flagrante nesta quarta-feira sob suspeita de estupro dentro de seu sítio em Campina Grande (PB).

Segundo a polícia, ele tentou beijar à força uma mulher de 31 anos durante uma festa que acontecia no local, o que caracterizaria o crime.

O delegado Fernando Zoccola disse que o jogador mordeu os lábios, puxou o cabelo e rasgou parte da roupa da mulher. O irmão da suposta vítima, que é delegado e estava na festa, chamou a polícia.

Marcelinho deve ser levado à penitenciária ainda hoje. Segundo Zoccola, o crime é inafiançável, e a pena varia de seis meses a 10 anos de prisão.

Outros três amigos dele foram detidos por resistência e desacato aos policiais, mas poderão ser liberados se pagarem fiança.

O advogado do jogador, Afonso Vilar dos Santos, afirmou que ele nega qualquer agressão.

Outro caso

Em janeiro do ano passado, quando atuava no São Paulo, Marcelinho foi condenado à prisão por agredir um homem em uma danceteria na mesma cidade, em 2004.

A Justiça determinou seis meses de detenção em regime aberto, mas a pena foi suspensa desde que ele cumprisse exigências, como não consumir bebida alcoólica em público nem frequentar bares.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!