Governo de MS fortalece segurança pública com posse de policiais civis na perícia científica

A turma empossada hoje, em solenidade realizada no Bioparque Pantanal, foi aprovada no concurso público realizado no ano de 2021, pela SAD e Sejusp

Natalia Yahn, Governo de MS


Para fortalecer as ações de segurança pública, o Governo do Estado empossou 130 policiais civis na perícia científica – 53 peritos criminais, 31 agentes de polícia científica e 46 peritos papiloscopistas – de Mato Grosso do Sul.

O secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Pedro Arlei Caravina, participou da solenidade juntamente com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira.

“É importante este trabalho do Estado de fortalecer a parte humana, o número de policiais. São profissionais que vão poder atender a região de fronteira e outros municípios, não só na questão criminal. Temos os peritos papiloscopistas que fazem um trabalho importante na elaboração das identidades civis e com a posse de hoje vamos poder atender todos os municípios do Estado”, disse Caravina.

Outro ponto de destaque observado é o compromisso com a estruturação da área da segurança, de forma prioritária nos primeiros meses da atual gestão, que completa cinco meses. “Está sendo cumprida uma promessa, feita pelo governador Eduardo Riedel, de que estas posses seriam feitas ainda no primeiro semestre deste ano. O trabalho da perícia é de extrema importância para a sociedade, garantindo cidadania para a população e resolutividade nas investigações”, disse Videira.

 Solenidade foi realizada no Bioparque Pantanal - Foto: Bruno Rezende

A turma empossada hoje, em solenidade realizada no Bioparque Pantanal, foi aprovada no concurso público realizado no ano de 2021, pela SAD (Secretaria de Estado de Administração) e Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

Os candidatos realizaram curso de formação da Acadepol, durante três meses, que foi concluído em dezembro de 2022. O curso de formação teve duração de 612 horas/aulas e os novos servidores tiveram na grade curricular disciplinas como direito administrativo, direito penal, direito processual penal, ética, tiro, técnica operacional, entre outras.

O coordenador-geral de Perícias, José de Anchieta Souza Silva, afirma que as nomeações demonstram o cumprimento de um compromisso da atual gestão. “Representa um avanço significativo para a segurança pública do nosso Estado. Com esses profissionais, teremos uma polícia científica fortalecida, capaz de desempenhar um trabalho ainda mais eficiente”.

 O secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Pedro Arlei Caravina - Foto: Bruno Rezende

Na semana passada o Governo do Estado também reforçou o efetivo da segurança pública com a posse para 67 novos policias civis, que passaram a atuar na função de escrivães.

Segurança pública em MS

Mato Grosso do Sul foi o Estado com a 6ª menor taxa de mortes violentas intencionais no País, em 2021, de acordo com dados do Anuário Brasileiro da Segurança Pública. Os crimes de latrocínio diminuíram de 36 em 2018 para 13 em 2021, uma redução de 65%. Os registros de roubo e furto de veículos entre 2018 e 2021 também tiveram redução, de 31,2%.

O Estado é o segundo do País que mais esclarece homicídios, com índice de 86%, em primeiro lugar está Rondônia (90%) e em terceiro Santa Catarina (78%), os dados são do Instituto Sou da Paz e referem-se ao ano de 2019, que foram divulgados em agosto do ano passado.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!