Obra de pavimentação rua Odilon Ribeiro dos Santos inicia semana recebendo capa asfáltica

Com investimentos do Governo do Estado, a urbanização da via, reivindicada pelo prefeito Gilberto Garcia, deverá ser entregue em julho

Cogecom


Nesta semana, as obras de drenagem e pavimentação asfáltica da Rua Odilon Ribeiro dos Santos, no trecho que dá acesso ao 8º Batalhão da Polícia Militar, desde o prolongamento da avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade até o Jardim Ipanema, entraram em sua etapa final.

Depois de concluídas a implantação da rede de drenagem de águas pluviais e a preparação e compactação do solo, com a imprimação, processo de aplicação do asfalto líquido, material mais conhecido por piche, a empreiteira responsável pela obra, iniciou a aplicação da capa asfáltica, etapa final da obra.

O trecho, que inicia no prolongamento da avenida Moura Andrade, na altura da sede da Agesul (Agência Estadual de Gestão e Empreendimentos de Mato Grosso do Sul), recupera o acesso ao Parque de Exposições, contempla a Praça do bairro Pedro Pedrossian, chega até "Quartel", servindo ainda de acesso à sede da Colônia Nipo-Brasileira, encontrando com a pavimentação asfáltica do Jardim Ipanema.

Viabilizada através de Convênio do Governo do Estado, a pavimentação asfáltica deverá ser entregue à população neste mês de julho. A obra foi iniciada no final do ano passado e passou por sucessivos adiamentos devido às chuvas intensas que atingiram o município nos primeiros meses do ano, situação agravada pela geografia do local, de declive, afetada ainda mais por ser uma bacia coletora de grandes volumes de águas pluviais.

Autorizada ainda no mandato exercido pelo ex-governador Reinaldo Azambuja, a obra conta com investimentos na ordem de R$2 milhões, aproximadamente. Reivindicação do prefeito Gilberto Garcia e dos vereadores, o empreendimento segue em execução pela empreiteira Concrevia, vencedora da licitação aberta pela Agesul.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!