Discussão por causa de celular termina com homem preso por violência doméstica em Taquarussu

Suspeito, de 44 anos, ainda responderá por posse irregular de arma de fogo de uso permitido

Da Redação


Um homem, de 44 anos, foi preso e autuado por violência doméstica e posse irregular de arma de fogo de uso permitido, na noite desse domingo (21), em Taquarussu.

A vítima, de 27 anos, acionou a Polícia Militar informando que havia sofrido violência doméstica e a equipe policial foi até ao local indicado.

Chegando lá, os policiais encontraram somente a mulher, a qual relatou que teria tido um desentendimento com seu amásio por conta de um celular que ele teria pego e não queria devolver, foi quando o suspeito desferiu tapas em seu rosto.

A vítima ainda contou que o homem ameaçou dizendo que se fosse preso, quando saísse iria lhe matar, ameaçou também que se a polícia viesse atrás dele para lhe prender, iria levar bala ou iria morto.

A mulher afirmou que ele possuía uma espingarda, que foi apreendida no carro do investigado e uma munição calibre 38.

Em diligências pela cidade, os militares localizaram o suspeito quando voltou para a residência. Foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante. A vítima foi para o hospital para realizar o exame de corpo de delito.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!