Chuva dá trégua e sol volta a aparecer no RS; estado continua em alerta

Aumento gradual das temperaturas é um alívio para os gaúchos que enfrentaram uma massa de ar frio na semana passada

CNN Brasil


As chuvas devem diminuir e o sol deve reaparecer no Rio Grande do Sul nos próximos dias, após um longo período chuvoso que causou a maior tragédia climática da história do estado.

De acordo com a Climatempo, neste domingo (19), quase todo o Rio Grande do Sul terá sol entre muitas nuvens. Na segunda-feira (20), não há previsão de chuva para todo o estado em grande parte do tempo.

As nuvens de chuva se afastaram de quase todo o Rio Grande do Sul, e o sol reapareceu no fim de semana em praticamente todas as áreas do estado, embora o tempo permaneça nublado.

A volta gradual do calor é um alívio para os gaúchos que enfrentaram uma queda de temperatura com o avanço de uma nova massa de ar frio de origem polar na semana passada.

Alertas para a semana

Há possibilidade de chuva moderada a forte no litoral gaúcho neste domingo, e o mar ficará agitado, com risco de ressaca na madrugada e pela manhã. A Grande Porto Alegre terá um domingo com predominância de céu nublado e chuviscos. Na região serrana, o céu estará nublado com possibilidade de chuva a qualquer hora.

Apesar da massa de ar frio começar a se afastar, mas a temperatura segue amena em todo o estado, com sensação de frio durante grande parte do dia. Novas áreas de instabilidade voltarão a se formar sobre o Rio Grande do Sul na terça-feira (21). Ao longo do dia, nuvens de chuva se espalharão pelo estado, com risco de chuva forte.

Na quarta-feira (22), a combinação da queda acentuada da pressão do ar com a circulação de ventos em vários níveis da atmosfera vai gerar um ciclone extratropical e uma nova frente fria, intensificando a chuva no estado.

Mortos causados pelas enchentes

Um total de 155 pessoas morreram em decorrência das fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul desde o começo do mês. De acordo com o último balanço da Defesa Civil do estado, divulgado na manhã deste domingo (19), 89 pessoas ainda estão desaparecidas.

Os afetados pelas enchentes chegaram a 2.304.422 em todo o estado. Conforme o boletim, 463 municípios foram afetados, 540.626 pessoas ficaram desalojadas e outras 77.202 estão em abrigos.

Além das vítimas fatais, 806 pessoas ficaram feridas em meio às enchentes, e mais de 82 mil já foram resgatadas.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!


Comentários