Junho Prata: Conviver de Batayporã recebe palestra sobre direitos da pessoa idosa

Ação de conscientização foi promovida em parceria pela Equipe Técnica da Alta Complexidade e Centro de Referência Especializado de Assistência Social

Ascom/PMB


O projeto Conviver, do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Idosos de Batayporã, participou na última quinta-feira (20) de palestra sobre violação dos direitos da pessoa idosa. A ação é alusiva à campanha Junho Prata, instituída em Mato Grosso do Sul com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre o tema.

Os integrantes do Conviver receberam a assistente social Patrícia Schulz e a psicóloga Roseni Albuquerque. Ambas profissionais enfatizaram questões como proteção ao idoso, identificação das violações, a exemplo de negligência no cuidado de saúde, violência patrimonial, abuso físico e psicológico por cuidadores e discriminação no acesso a serviços e oportunidades, bem como os meios de denúncia.

A coordenação do projeto e Coordenação de Proteção Social Especial  também integraram as dinâmicas da campanha. Na ocasião, as coordenadoras Ilda Almeida e Letícia Giovanni destacaram a relevância do Conviver na promoção da qualidade de vida da pessoa idosa e o acolhimento proporcionado pela equipe da proteção social especial.

A psicóloga Roseni avaliou a ação. “Estamos muito felizes em ver o engajamento e a receptividade dos participantes. É inspirador perceber como iniciativas como essa não só informam, mas também criam um espaço acolhedor para discutir e proteger os direitos dos idosos. Acredito que essas oportunidades são essenciais para fortalecer laços e garantir que todos possam envelhecer com dignidade e respeito”, afirmou.

Denúncias

Qualquer pessoa pode denunciar violência contra pessoa idosa. Os serviços garantem o anonimato. Em Batayporã, as principais referências são: Delegacia de Polícia Civil - (67) 34431268 (fixo e whatsapp); disque 100; e Ministério Público Estadual  (67) 2020-9321.

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!


Comentários