PF prende segurança com 'canhões' ilegais em Dourados


A Polícia Federal de Dourados prendeu em flagrante, um funcionário de uma empresa de segurança privada transportando três revólveres calibre 38 sem licença.

Segundo os federais, após trabalho de investigação, uma equipe da Delegacia de Controle de Segurança Privada da PF abordou um veículo caracterizado com o emblema da empresa e verificou que o motorista de 28 anos, supervisor de segurança, transportava as armas entre dois postos de vigilância sem a documentação necessária - Autorização para Transporte de Armas de Fogo e Munições.

Os federais já haviam verificado, em fiscalizações realizadas na manhã do mesmo dia da prisão, que armas com o mesmo número de registro estavam sendo utilizadas em diferentes postos na cidade e resolveram verificar a ocorrência de um suposto transporte irregular de armas.

Além das três armas, foram apreendidas quatro munições. Os responsáveis pela empresa, sediada em Campo Grande, deverão ser notificados e intimados a prestar esclarecimentos sobre o fato.

Há aproximadamente um ano, funcionários da empresa já foram presos pela Polícia Federal de Dourados, quando realizavam o transporte irregular de quatro armas e coletes balísticos.

De acordo com a legislação vigente, compete à Polícia Federal o controle do trânsito de armamento, mediante o preenchimento de guia de transporte e recolhimento da taxa de autorização para transporte de armas e munições, serviços disponíveis no site da Polícia Federal. 

Cobertura do Jornal da Nova

Quer ficar por dentro das principais notícias de Nova Andradina, região do Brasil e do mundo? Siga o Jornal da Nova nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!