Moto envolvida em atentado na fronteira tem ordem judicial de sequestro em Nova Andradina

A Polícia Civil dentro da Operação Cranius requereu ordem judicial para sequestrar o bem móvel, numa ação de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas
Da Redação / Imagens: Reprodução/ Radio Futura 97.5 FM
19/02/2021 14h00
Moto tem ordem de sequestro em Nova Andradina / Imagens: Reprodução/ Radio Futura 97.5 FM

A moto de alta cilindrada BMW/S1000RR, cor vermelha com placa de Nova Andradina, envolvida nesta quinta-feira (18), no atentado contra o nova-andradinense Lucas Júnior de Oliveira dos Santos, de 26 anos, conhecido como “Testa”, está com ordem de sequestro judicial em Nova Andradina, da “Operação Cranius”, deflagrada pela Polícia Civil contra o tráfico de drogas.

 

Leia também

|Morador de Nova Andradina sofre atentado na fronteira

 

Lucas estava trafegando com a moto, quando foi atacado por pistoleiros abordo de outra moto na Linha Internacional na fronteira, entre as cidades de Pedro Juan Caballero no Paraguai e Ponta Porã. Ele foi atingido por tiros no braço direito. Ele passou pelo médico.

 

Conforme apurou o Jornal da Nova junto a Polícia Civil, a motocicleta em questão foi sequestrada dentro da “Operação Cranius”, pertencente ao Bruno Campos da Cruz, de 31 anos, que foi preso suspeito de tráfico no dia 12 de junho do ano passado. De lá para cá, uma operação foi deflagrada e diligências foram realizadas no curso das investigações.

 

Como a moto estava em sequestro judicial, foi retirada da cidade antes que houvesse a busca e apreensão do veículo, segundo informou a polícia.

 

Como o caso aconteceu no lado do Paraguai, a Polícia Civil está trabalhando para recuperar a moto, após os procedimentos da Polícia Nacional do Paraguai repassar à Delegacia de Ponta Porã.



Comunicar erro




VEJA MAIS