Advogado presta depoimento na Delegacia em Batayporã

Alexandre França Pessoa tinha um relacionamento com Fernanda Ribeiro
Da Redação / Imagens: Luis Gustavo/Jornal da Nova
30/04/2021 14h52
Delegacia de Polícia Civil em Batayporã / Imagens: Luis Gustavo/Jornal da Nova

Ainda muito abalado com a morte de Fernanda Daniele de Paula Ribeiro dos Santos, de 36 anos, o advogado Alexandre França Pessoa foi intimado a prestar esclarecimentos na Delegacia de Polícia Civil em Batayporã, no início da tarde desta sexta-feira (30). O advogado disse que recebeu a intimação, mas que não tinha o nome relacionado de Fernanda, mas pelo seu conhecimento, já sabia do que se tratava.

 

Leia também

|Delegado de Batayporã está ouvindo várias testemunhas sobre a morte de Fernanda Ribeiro

|Corpo encontrado degolado em Batayporã é de moradora em Nova Andradina

|Corpo de mulher degolada é encontrado no cascalho que liga Nova Andradina a Batayporã

 

Ao Jornal da Nova, pouco antes de depor sobre o caso, Alexandre disse que sabe que está na linha de investigação como suspeito, já que teve um caso com a vítima desde setembro de 2019, mas apesar do luto, vai tentar contribuir com a Justiça para que o caso se resolva e o culpado seja punido.

 

Ele estava acompanhado por um advogado da 7ª Subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Nova Andradina.

 

Outras testemunhas estão sendo ouvidas nesta sexta-feira (30). O padrasto de Fernanda, um policial militar da reserva remunerada, prestou esclarecimentos na parte da manhã em Nova Andradina. Um casal nova-andradinense também foi ouvido.



Comunicar erro




VEJA MAIS